Saturday, January 28, 2017

GUIMARÃES, GERÊS E BRAGA

Em 2015 aproveitámos um fim de semana prolongado para fazer uma escapadela de 3 dias e ir ao norte do país conhecer uma das 7 Maravilhas Naturais de Portugal: o Parque Nacional Peneda-Gerês!


Parque Nacional Peneda-Gerês

1º Dia
Partimos de Lisboa bem cedo para fazer cerca de 370km (3h30 +-) até chegar a Guimarães pouco depois da hora do almoço, para podermos aproveitar a tarde para passear na "Cidade Berço".

Centro histórico, Guimarães

Aqui demos primeiro uma volta pelo centro histórico, cujas ruas nos trazem a memória os tempos medievais, ao mesmo tempo que nos dirigíamos ao Castelo, conhecido como o berço da nacionalidade por estar ligado à fundação do Condado Portucalense e às lutas da independência de Portugal, e que foi escolhido como uma das 7 Maravilhas de Portugal.

Castelo de Guimarães
Preço: 2€

Castelo de Guimarães

Dentro do Castelo fomos visitar o Paço dos Duques de Bragança, um palácio construído no inicio do século XV pelo primeiro duque de Bragança, e que merece a visita.

Paço dos Duques de Bragança
Preço: 5€

Interior do Paço dos Duques de Bragança, Guimarães

Interior do Paço dos Duques de Bragança, Guimarães

Outro ponto interessante por onde passamos, na zona histórica da cidade, é o museu Alberto Sampaio, situado junto ao centro histórico, nos edifícios anexos à Igreja de Nossa Senhora da Oliveira.

Museu Alberto Sampaio, Guimarães

Na colecção do museu destaca-se uma cruz processional de prata do século XVI, um tríptico de prata dourada tirado aos castelhanos após a famosa batalha de Aljubarrota, e até mesmo o Loudel que o rei D. João I usou durante a batalha, no dia 14 de Agosto de 1385!

Museu Alberto Sampaio
Preço: 5€

Loudel usado por D. João I na batalha de Aljubarrota, Museu Alberto Sampaio, Guimarães

Triptico de prata dourada, Museu Alberto Sampaio, Guimarães

Pack Castelo + Paço dos Duques + Museu Alberto Sampaio
Preço: 8€

No fim da tarde saímos de Guimarães até Braga, onde fomos jantar na hamburgueria DeGema, bem no centro da cidade (delicioso e barato!).

Hamburgueria DeGema, Braga
Para a dormida escolhemos o Hotel do Lago, a 500 metros do famoso Santuário do Bom Jesus do Monte.

Hotel do Lago ***, Braga


2º Dia

Este segundo dia da nossa escapadela pelo norte do país foi exclusivamente dedicado a explorar o Parque Nacional da Peneda-Gerês, uma das maiores atrações naturais do nosso país graças à sua impressionante beleza paisagistica.

Vila do Gerês vista do miradouro de Pedra Bela, Parque Nacional Peneda-Gerês

Saindo de Braga fizemos os 30km que nos separavam da entrada do parque, pelo sul, onde fizemos uma breve paragem junto às duas pontes que atravessam o Rio Cavado junto a Caniçada. Uma paragem que, pela paisagem, vale bem a pena!

Pontes sobre o rio Cavado, Caniçada, Parque Nacional Peneda-Gerês

Entrámos depois na Serra do Gerês, atravessando a pequena vila do Gerês para depois subir até ao miradouro da Pedra Bela, situado a 829 metros de altitude, onde a vista é simplesmente deslumbrante! É mesmo um sitio OBRIGATORIO para quem vem ao Gerês!

Vista do miradouro de Pedra Bela, Parque Nacional Peneda-Gerês

Outro ponto interessante e perto do miradouro da Pedra Bela é a Cascata do Rio Arado, que era suposto ser o nosso próximo ponto de paragem, para depois seguirmos em direcção ao Lindoso, atravessando a vizinha Espanha.

Cascata do Arado, Parque Nacional Peneda-Gerês

Este plano acabou por não se concretizar dado que, por azar, no dia em que demos este passeio estava a decorrer uma corrida pela serra que impedia a passagem de carros entre a vila do Gerês e a fronteira, e por isso acabamos por fazer um grande desvio para conseguirmos ir na mesma ao Lindoso e à Serra da Peneda. De certa forma acabou por valer a pena, visto que atravessámos involuntariamente o Alto Vale do Cavado, por estradas secundárias em que nos vimos rodeados de vacas e bois por todo o lado! Mas por outro lado acabámos por não ter oportunidade para ir à Cascata....

Os nossos companheiros de viagem enquanto atravessavamos o Alto Vale do Cavado

Eventualmente acabamos por chegar ao Lindoso, onde paramos para ver os seus famosos espigueiros.

Espigueiros, Lindoso, Parque Nacional Peneda-Gerês

Seguimos depois para dentro da Serra da Peneda, onde está "escondido" o Santuário de Nossa Senhora da Peneda, muito parecido com o de Bom Jesus de Braga, mas localizado bem no meio das montanhas. Vale a pena o desvio!

Santuário de Nossa Senhora da Peneda, Parque Nacional Peneda-Gerês

Por fim, já com o Sol a desaparecer, deixamos o Parque Nacional da Penda-Gerês para regressar a Braga, onde fomos jantar umas DELICIOSAS francesinhas na recomendadíssima Taberna Belga, para depois regressar ao hotel onde estávamos hospedados.

Taberna Belga, Braga


3º Dia

Aproveitamos o último dia do nosso fim de semana prolongado para explorar o destino que  nos faltava nesta viagem: Braga!


Igreja do Bom Jesus, Braga
Logo pela manha fomos visitar o Santuário do Bom Jesus de Braga. E, apesar de termos ficado duas noites num hotel a menos de 5 minutos a pe do topo do Santuário, pegamos no carro e dirigimos-nos ao Pórtico do Bom Jesus, mesmo na base das enormes escadarias que sobem ate ao Santuário. Porquê? Porque queríamos ter a verdadeira experiência de subir 116 metros através dos 581 degraus das escadarias!

Escadarias para subir até à igreja do Bom Jesus, Braga

Mais do que pelo desafio, esta subida vale a pena pelas fontes alegóricas aos cinco sentidos (pela seguinte ordem: Visão, Audição, Olfacto, Paladar e Tacto) existentes em cada um dos lances de escadas, as quais se seguem depois as fontes das três virtudes (Fé, Esperança e Caridade).

Do topo, alem da igreja, vale a pena apreciar a vista espectacular sobre toda a cidade de Braga.

Pórtico do Bom Jesus, o inicio da subida dos mais de 500 degraus até à Igreja

Para quem não quer (ou não consegue) esforçar-se a subir tantos degraus, pode usar o Funicular (inaugurado em 1882!) que constantemente sobem e descem o monte. Nós usamos..... para descer (so para ser do contra!)

Elevador Bom Jesus
Preço : 1,20€ ida, 2€ ida e volta

Elevador/Funicular do Bom Jesus, Braga

Fomos depois aproveitar o resto da manha a passear pelo centro da cidade de Braga, onde fomos ver a Sé de Braga, a mais antiga catedral do pais.

Sé de Braga
Preço Catedral: 2€, Tesouro: 3€, Catedral+Tesouro: 4€

Sé, Braga

Depois de um almoço tardio no Bragashopping (convenientemente localizado no centro da cidade, com muita escolha para uma refeição rápida e barata), demos por terminada a nossa visita e regressamos a Lisboa com a habitual pergunta: WHERE SHOULD WE GO NOW???


O nosso percurso nestes 3 dias: Lisboa - Guimarães - Braga - Gerês - Lindoso - Sra da Peneda - Braga - Lisboa

No comments:

Post a Comment

Blog Widget by LinkWithin