Thursday, February 16, 2017

CHINA, HONG KONG E MACAU (DIA 5) - BEIJING IV (Templo do Ceu)


LISBOA - BEIJING - XI'AN   - SHANGHAI - GUILIN - GUANGZHOU (CANTÃO) - HONG KONG - MACAU - HONG KONG - LISBOA

Templo do Céu, Beijing

Quinto dia da nossa viagem pela China, e tempo de sair de Beijing em direcção ao centro do pais, para Xi'An!

Mas, sendo o voo de tarde, não quisemos deixar a capital chinesa sem antes visitar outro dos grandes monumentos da cidade, o Templo do Céu! 

Fomos do hotel ate a porta do Templo de táxi, e..... que experiência! 


Primeiro, à excepção dos recepcionistas dos hotéis, ninguém fala inglês, nem sequer taxistas. Zero. Por isso, como e que indicamos o destino? Simples: tivemos que pedir na recepção que nos escrevessem o destino num papel em Mandarim, para depois entregarmos o papel com os caracteres chineses ao taxista (sem saber se estava escrito Templo do Céu ou outro destino qualquer!).

Depois, a viagem, por estradas com semáforos que ninguém respeita, por cruzamentos onde todos passam ao mesmo tempo, por passadeiras que são invisíveis, e por entre motas e bicicletas com mais pessoas do que o que deveriam transportar, fizeram-nos duvidar varias vezes se chegaríamos ao nosso destino intactos!

Carros em contramão, peões a atravessar um cruzamento, motas a desrespeitar os semáforos: são assim as estradas de Beijing

Por fim chegamos então ao nosso destino, o Templo do Céu, ou Tian Tian em chinês. Com mais de 600 anos, é Património Mundial da UNESCO, e era o local onde o imperador chinês, sendo ele o "filho do Céu", fazia oferendas e orava aos antepassados para pedir boa colheita no ano seguinte.

Templo do Céu, Beijing

O Templo consiste num gigantesco parque, que tem no seu centro um caminho que conecta os três pontos principais: o Altar Circular, a Abobada Imperial Celestial, e a Sala de Oração para Boas Colheitas (este ultimo e o mais espectacular, e também o mais visitado).

Altar Circular, Templo do Céu, Beijing

Abóboda Imperial Celestial, Templo do Céu, Beijing

Sala da Oração para Boas Colheitas, Templo do Céu, Beijing

Alem dos edifícios, também os jardins merecem o passeio, até porque é aqui que os locais vão caminhar, relaxar, fazer tai-chi, ou até dançar!

Chineses a dançar nos jardins do Templo do Céu, Beijing

Chinesa a cantar nos jardins do Templo do Céu, Beijing

Saídos do Templo do Céu, almoçámos rapidamente num restaurante local lá perto, para depois nos dirigirmos ao aeroporto para voar na China Eastern Airlines, as 17h10, com destino a Xi'An.

A nossa sobremesa no último almoço em Beijing

E não, nem sequer num McDonalds em pleno aeroporto internacional de Beijing falam inglês: têm um panfleto com todos os produtos, pedem para apontar-mos o que queremos, e depois mostram-nos o valor que temos que pagar, tudo isto sem abrirem a boca. Parece que estamos a conversar com mudos!!

Sobre a China Eastern Airlines, apesar de eu lhe apelidar de Javardair por se tratar de uma companhia chinesa, a verdade é que foi uma boa experiência, e apesar de ser um voo curto (nem duas horas, chegámos a Xi'An pelas 19h05) tivemos direito a refeição a bordo! (refeição a serio, não como as mini-sandes que dão na TAP em voos europeus)

Avião da China Eastern Airlines

Quando chegamos a Xi'An fomos direitos ao hotel onde ficamos hospedados, o Hotel Sheraton Xi'An, onde iríamos ficar nas duas noites seguintes, já que tínhamos reservado um dia inteiro para visitar esta grande cidade chinesa.

Hotel Sheraton Xi'An Hotel *****, Xi'An

O espectacular hall de entrada do hotel, Xi'An

Mas isso fica para uma próxima publicação!

A nossa viagem: Beijing - Xi'An

No comments:

Post a Comment

Blog Widget by LinkWithin